Aprecie a encantadora festa destinada a Rainha do Mar, que exalta um dos grandes símbolos culturais da Bahia.

Existente desde 1923 o cortejo a Rainha do Mar, Iemanjá, realizado no dia 2 de Fevereiro é um dos grandes marcos tradicionais da cultura baiana. A celebração acontece no costumeiro ponto de encontro, localizado no maior bairro boêmio de Salvador, o Rio Vermelho. 

Um dos eventos mais típicos de Salvador, que mostra como a cultura baiana é extremamente religiosa sem perder sua alegria e sua fé. Esse é o momento em que os devotos da Mãe D’água reforçam suas orações as águas, tornando desse momento inesquecível para qualquer um que venha presenciar essa energia. 

Tratando-se de um  festejo de cunho Candomblecista, a festa atrai uma multidão de pessoas - vestidas de branco -  que se dedicam em saudar e agradar a Mãe das Águas. Os fiéis, acompanham a procissão andando pelas ruas, carregando presentes como rosas, perfumes, joias, vela, até o fim do percurso, onde entregam suas oferendas as águas, uns de barco - por volta das 16h -  outros a beira mar. 

Muito mais do que apenas um culto religioso, o festejo de Iemanjá é uma exaltação da cultura miscigenada de Salvador, onde o respeito e o eventual sincretismo religioso se faz presente. Nesse caso, para os candomblecistas a Iemanjá e para os católicos também é conhecida como Nossa Senhora da Conceição da Praia.  

Muitas celebrações em nome da Rainha do Mar circundam a cidade, sendo possível aproveitar o festejo em diferentes tipos de ambientes, mas todos em prol da exaltação de Iemanjá. 

História
A saudação a Iemanjá se iniciou em uma época em que os peixes estavam escassos no mar, por esse motivo, um grupo de 25 pescadores se juntaram e ofertaram presentes a Iemanjá em pedido que houvesse fartura de peixe e mar tranquilo. Desde então, a ação foi repetida todos os anos. 

Festas pela Cidade 
Se você está pretendendo curtir essa celebração - Aqui no Salvador Express você fica pertinho dela -  ou já está na Bahia com vontade de conhecer mais, confira as programações que vão acontecer por toda a cidade no dia 2 de Fevereiro, Dia de Iemanjá. 

Lavagem do Espanhol
A festa será regada com muito samba, sob o comando do grupo É o Tchan e da cantora Ju Moraes. Os ingressos custam R$ 120,00 individual, R$ 200,00 casadinha e R$ 80,00 para sócios do clube.

Botequim São Jorge
A “Feijoada para Iemanjá”, contará como atração a cantora Ana Mametto e a banda Samba Maria no Botequim São Jorge. Feijoada + Couvert: R$ 70 (bebida não inclusa)

Casa Almendra
Show da banda Batifun e o som do DJ Mauro TelefunkSoul. Os ingressos custam R$ 100 (feminino) e R$ 120 (masculino). 

Enxaguada de Yemanjá
A famosa enxaguada irá contar com artistas como Vanessa da Mata, Luiz Caldas, Danilo Caymmi, Margareth Menezes e Mukindala. Os ingressos custam R$ 60 (pista) e R$ 120 (área vip)

Feijoada do Beregued
A banda Motumbá decidiu realizar uma homenagem as yabás e convidou apenas mulheres para, entre uma música e outra, cantar a Rainha do Mar. Além de Illy, Matilde Charles, Noelia Marcell, Vanessa Borges e Will Carvalho estão entre as vozes confirmadas

Bar Kaos
MiniStereo Público, Russo Passapusso, BNegão e DJ Magrão fazem parte da programação da festa de Iemanjá.  Os ingressos custam, em 1º lote, R$ 100

Restaurante Amado 
Ao som da banda Samba de Primeira e os djs Johnny Frazão, Vitor Barros e Alexandre Schnitmann, Felipe Monteiro, Raphael Gouveia a celebração tributo a Rainha do Mar irá acontecer no Restaurante Amado.