Um bairro com história e tradição, não apenas de Salvador, mas também da boa gastronomia e boêmia.

A história do Bairro do Rio Vermelho começa com Caramuru, por volta de 1509, quando o nobre português naufragou por aqui. Mas antes de Cabral já era habitado pelos tupinambás.

Este é mesmo um dos trechos mais perigosos do litoral de Salvador. Em 1668, ocorreu também o naufrágio do Galeão Sacramento e que deu motivo para a instalação do primeiro farol da América, na Barra.

O mais importante evento do Rio Vermelho é a Festa de Yemanjá, todo dia dois de fevereiro. O Bairro é também um local concorrido da noite soteropolitana, com bons restaurantes, bares a baianas do acarajé.