Passeio bucólico pelo centro de Salvador, o Dique do Tororó precisa estar na sua programação a nossa cidade.

O Dique do Tororó é uma represa construída no século 17, em um vale natural, como mostra a ilustração de Arnoldus Montanus, de 1671. Inicialmente tinha a função de proteção da cidade, contra invasões. A partir do século 19, o Dique começou a ser aterrado para a expansão da cidade, reduzindo consideravelmente seu tamanho.

Hoje é uma área de esporte e lazer bem arborizada. Possui anfiteatro, centros comunitários, pedalinhos, restaurantes, além de doze esculturas de orixás assinadas pelo artista plástico Tati Moreno.

Os orixás representados são Iansã, Nanã, Ogum, Oxalá, Xangô, Iemanjá, Oxum e Oxossi. Os esguichos junto aos orixás, além do efeito decorativo, busca oxigenar a água.

Fica entre os bairros do Tororó e Brotas, com a Fonte Nova na ponta norte do Dique.